Programa Na Mão Certa

Guia Na Mão Certa para Caminhoneiros

Uma das grandes responsáveis pela popularidade e pela aceitação da causa do Programa entre os motoristas foi a ferramenta Guia Na Mão Certa para Caminhoneiros.

Lançado no final de 2007, o Guia foi elaborado como uma estratégia do projeto de educação continuada, com o objetivo de informar o caminhoneiro sobre o cenário da exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas e, ao mesmo tempo, abordar temas como saúde, segurança, direitos humanos e família.

A primeira edição apresentou a pesquisa A Vida dos Caminhoneiros Brasileiros, realizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e que divulgou um amplo panorama sobre esses profissionais. Dentre outros temas, a pesquisa mostrou como o caminhoneiro se relaciona com a temática da exploração. Através de linguagem simples, o Guia mostrou que o caminhoneiro é um parceiro fundamental no enfrentamento do problema.

Em 2008, os Guias foram lançados com menor intervalo de tempo e ampliaram os assuntos em discussão. O segundo volume, por exemplo, trouxe como tema Os direitos da criança e do adolescente, e convidou o caminhoneiro a refletir sobre esse período da vida. Através de diálogos entre os personagens Marcelo e Geraldo, a segunda edição do Guia apresentou definições de infância e de adolescência e ofereceu ao caminhoneiro um panorama do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Já o terceiro volume abordou A saúde do caminhoneiro. Foram apontados 22 fatores de risco que afetam a vida desse profissional, com destaque para a sonolência, o abuso do álcool, problemas de visão, pressão alta, diabetes, obesidade, colesterol alto e estresse. Através do Guia, o motorista pôde saber como adotar medidas preventivas e como agir em caso de problemas de saúde.

O quarto Guia apresentou dicas de como lidar com a distância e com a saudade de casa. A proposta foi mostrar ao profissional da estrada que, mesmo distante, é possível ser um bom marido e um bom pai. O guia falou sobre relacionamento, referências de vida, a educação dos filhos, o relacionamento com a esposa, sempre relacionando com o tema central do Programa Na Mão Certa: o enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas.

Lançado no final de novembro, o quinto volume fala sobre A segurança do caminhoneiro e detalha diversos os aspectos ligados à direção segura e à prevenção de acidentes. Outro ponto interessante diz respeito às técnicas para evitar problemas ligados à violência. O guia traz mais de 20 dicas para evitar assaltos e roubo de cargas. As dicas foram elaboradas a partir de informações sistematizadas por órgãos de segurança e pela Pamcary, empresa de gerenciamento de risco com atuação em todo o território nacional. A grande novidade desta edição, porém, é a participação do jornalista Pedro Trucão, apresentador dos programas Globo Estrada (Sistema Globo de Rádio) e Pé na Estrada (Rádio Aparecida e Terra FM) Com mais de 20 anos de experiência em reportagens sobre as estradas brasileiras, Trucão agora é mais um dos grandes apoiadores do Programa Na Mão Certa.

Com o tema “Drogas e álcool”, o sexto Guia trata de um dos maiores problemas enfrentados pelos profissionais das estradas: o uso abusivo de substâncias entorpecentes. Este volume tem o objetivo de alertar sobre os perigos do uso abusivo dessas substâncias. Pesquisas mostram que a metade dos acidentes com morte no Brasil tem pelo menos um condutor que usou álcool. Quem bebe ou usa drogas antes de dirigir brinca com a morte e coloca em risco a sua própria saúde e a de todos os usuários das estradas. O Guia também apresenta os efeitos das principais drogas sobre a saúde do motorista e as conseqüências causadas pelo uso abusivo. Segundo pesquisas, a metade dos caminhoneiros que trabalham no país usam com freqüência algum tipo de rebite, substâncias consumidas para “espantar” o cansaço. As conseqüências são trágicas. Por isso, o sexto volume também mostra como ajudar quem usa drogas e como o usuário pode dar os primeiros passos para se livrar da dependência.

Temas como efeito estufa, combustível limpo, tráfico de animais, rios e nascentes e o papel do caminhoneiro na preservação do meio ambiente serão debatidos neste guia. Ao longo da publicação, o motorista poderá perceber que, com ações simples, pode ajudar a melhorar o ambiente em que vivemos. Ao manter o caminhão regulado e revisado, o caminhoneiro contribui para melhorar a qualidade do ar que respiramos e para diminuir as doenças causadas pela poluição do escapamento. Ao rodar por todo o país, o motorista vê muita coisa, acompanha as alterações na paisagem, percebe a derrubada das matas nas margens dos rios e sofre com as enchentes que provocam deslizamentos e mortes.Também são os caminhoneiros que estão em contato diário com cargas perigosas e vêem de perto o problema do lixo nas estradas e arredores. Cuidar do meio ambiente é um dever de todos. Através da informação e do conhecimento, gestos simples podem fazer toda a diferença.

Esta edição leva o caminhoneiro a refletir sobre temas ligados aos direitos fundamentais da pessoa humana. De forma didática, explica o que são os Direitos Humanos e porque é importante que sejam preservados e respeitados. O Guia também fala da Declaração Universal dos Direitos Humanos e relaciona exemplos de violações cometidas ao longo da história.

No que diz respeito a esse tema, uma longa jornada ainda precisa ser construída até que todas as pessoas tenham seus direitos respeitados. O guia aborda a questão de forma objetiva e didática, de modo a introduzir o tema para o caminhoneiro e dar a ele dicas de como identificar violações contra os direitos de crianças e adolescentes. O principal objetivo do Guia Na Mão Certa para Caminhoneiros é mobilizar o caminhoneiro para enfrentar a exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas.

A Revista Na Mão Certa Criança é um presente para as crianças das famílias dos caminhoneiros. Com o tema “Pelo Brasil dos Caminhoneiros” conta sobre as riquezas e belezas naturais do nosso país. Dois personagens conduzem as crianças nessa viagem pelo Brasil: Guga, de 8 anos, filho de caminhoneiro; e Didi, de 10 anos, neta de caminhoneiro. São eles que vão mostrar às crianças o Brasil por onde viajam seus pais, tios e avós. A Revista mostra das particularidades de cada região do país, a cultura, a biodiversidade.

Dividido em capítulos, a Revista Na Mão Certa Criança tem atividades educativas e brincadeiras para as crianças. Nessa viagem, Guga e Didi vão passar por todas as regiões do país e também vão aprender sobre a importância do caminhoneiro para o desenvolvimento do Brasil.

Não deixe de adquirir este presente em datas especiais como: Dia do Caminhoneiro, Dia das Crianças, Natal etc e oferecer para todos seus motoristas, carreteiros, caminhoneiros e estradeiros! É uma ótima maneira de demonstrar o quanto sua empresa valoriza este profissional e sua família!

A publicação aborda questões de gênero e a relação entre homem e mulher. Também toca em pontos importantes para o profissional da estrada: a qualidade de seus relacionamentos afetivos.

O papel do homem e da mulher no relacionamento, a relação com os filhos, a mulher moderna, as normas rígidas de masculinidade, e os “medos” que atormentam os homens são alguns dos temas abordados. O propósito da revista é contribuir para que o caminhoneiro e sua companheira discutam temas ligados ao relacionamento e às questões de gênero e se transformem em aliados na causa da igualdade, do respeito, da divisão de tarefas e da forma compartilhada de criar os filhos.

O Programa Na Mão Certa conta como apoio especial da Pancrom Indústria Gráfica. Através da parceria, as empresas signatárias têm direito a preços especiais para a impressão.

O lote pode ser adquirido de duas maneiras:

  • Guia personalizado com o logotipo da empresa: sem custos adicionais, a empresa pode colocar seu logotipo na terceira capa do guia.
    Quantidade mínima: 3.000 exemplares
     
  • Guia sem logotipo da empresa:
    Quantidade mínima: 1.000 exemplares
    Para solicitar orçamento, envie um e-mail para:

Algumas informações sobre o serviço:

  • A empresa deve fornecer o logotipo em alta definição. A inserção do guia ficará a cargo da gráfica.
  • Junto com o logotipo, deve ser enviado o guia de aplicação da marca, caso a empresa possua.
  • Prazo de pagamento: 21 dias.
  • Será necessário fazer o cadastro do solicitante, para aprovação do pedido.
  • Prazo de entrega: 10 dias da data de aprovação do pedido, para retirada da transportadora ou entrega direta em São Paulo.
  • Frete e embalagens especiais ficam por conta do solicitante, quando a entrega for fora da cidade de São Paulo. 
  • Serão aceitos apenas pedidos formalizados e aprovados pelo Programa Na Mão Certa. A formalização pode acontecer via e-mail.

Para lotes com menos de 1000 exemplares, informe a quantidade desejada através do e-mail . A solicitação será avaliada pela coordenação do Programa Na Mão Certa.