Programa Na Mão Certa

Ação Empresarial: Grupo TT

Realizador das principais feiras nacionais do segmento de transporte rodoviário de cargas, como a Exposafra, a Feira do Caminhoneiro e o Truck Show, o Grupo TT tem sido um importante parceiro do Programa Na Mão Certa através dos anos.

O Grupo é especializado em soluções de comunicação e edita duas das principais publicações impressas do setor: a revista Negócios em Transporte (destinada às empresas) e a revista Caminhoneiro (destinada aos profissionais).

Com mais de 200 pontos de distribuição pelo país e distribuição gratuita ao caminhoneiro, a revista Caminhoneiro tem uma tiragem auditada de 100 mil exemplares e ostenta um alcance mensal de 350 mil leitores.

Desde sua fundação, há mais de 27 anos, a publicação sempre abraçou causas sociais como o enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras e, mais recentemente, passou a dar apoio ao Programa na Mão Certa.

E são muitos os exemplos desse compromisso, como o fato da primeira pesquisa sobre o perfil do caminhoneiro no Brasil ter sido realizada durante um evento promovido pela revista em Itajaí (SC) em 2005.

Naquele mesmo ano, a publicação foi agraciada com o Prêmio Anatec de Mídia Segmentada pela capa da edição nº 211, que estampava justamente a problemática da exploração sexual nas estradas.

Em 2010, após anos de divulgação das diversas campanhas e ações de enfrentamento nas suas páginas, a revista Caminhoneiro lançou a coluna Na Mão Certa, um encarte especial que defende causas sociais e trabalha por um futuro melhor para as crianças e adolescentes. A primeira coluna saiu na edição 269, de junho de 2010, que trazia também o “Especial Dia do Caminhoneiro”.

“Além das revistas, a TT Editora atua no setor dos transportes com inúmeras feiras e eventos, o que faz com que estejamos atentos a questões sociais que acontecem nestes pontos aonde a atividade é intensa ”, diz Grabriela Ely Bedrossian, do Departamento de Marketing do Grupo TT. “A parceria com a Childhood permite que possamos realizar ações sistemáticas de combate a ESCA nas rodovias, orientando os caminhoneiros e abrindo espaço na revista e nos eventos para discussões sobre o problema, incluindo suas causas, consequências e soluções”.

 

  Leia também  

Artistas defendem o direito de ser criança
Encontro debate métodos alternativos de depoimento
Ação Empresarial: ABAD
Rota das Bandeiras realiza oficina de capacitação sobre o PNMC
Campanha da OAB/Piracicaba visa aumentar denúncias de maus-tratos
De olho no assunto - resumo das principais notícias

 

Voltar