Programa Na Mão Certa

De olho no assunto

Instituto Invepar é destaque na 9ª Expo Brasil de Desenvolvimento Local

Grandes projetos foram apresentados na 9ª Expo Brasil de Desenvolvimento Local pelo Instituto INVEPAR – um dos patrocinadores do evento -, que se tornaram atrações entre os visitantes. O evento é um dos mais importantes encontros nacionais, realizado pela primeira vez no Rio de Janeiro, abordando iniciativas de desenvolvimento em comunidades, bairros e municípios.  O Instituto Invepar é a holding social da Linha Amarela S/A (LAMSA), signatária do Pacto Empresarial Contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras.


Falta de caminhoneiros preocupa empresários do transporte

A escassez de profissionais capacitados para atuar como motoristas é um problema que está tirando o sono da maior parte das empresas de transporte rodoviário de cargas. A situação é tão grave que as entidades da categoria já acreditam que em pouco tempo este será um dos principais gargalos para a distribuição de cargas no País. Caso não haja uma mudança neste cenário, a perspectiva para um horizonte de cinco anos é de que a circulação de caminhões nas estradas emperre, o que é muito grave para a economia de um país como o Brasil, que é preponderantemente rodoviarista e onde mais 80% das riquezas produzidas são transportadas sobre rodas.
Jornal do Comércio


Revista Crescer alerta sobre exposição das crianças na internet

Uma pesquisa brasileira, realizada pela Millward Brown Brasil em 12 países, aponta as crianças brasileiras, de 4 a 12 anos, como as que mais acessam a internet no mundo todo. De acordo com os resultados apresentados, elas passam cerca de 13 horas online por semana e, como já era de se esperar, o entretenimento é o que mais os anima: do tempo gasto conectado, a maior parte é passada em jogos e similares. Uma interessante reportagem da revista Crescer alerta sobre os riscos dessa exposição. Clique aqui para acessar.


Ministério Público e Estado da Paraíba firmam parceria

A Secretaria de Segurança Pública do Estado da Paraíba, a pedido do Ministério Público do Trabalho, estuda a possibilidade de instalar um número 0800 para receber denúncias de exploração sexual de crianças e adolescentes. O novo número não invalidaria o Disque 100, que funciona nacionalmente. “Nossa intenção é agilizar o recebimento das denúncias e, consequentemente, a tomada de ações para inibir essa prática criminosa, como já acontece no Estado de Minas Gerais”, argumentou o procurador do Trabalho Eduardo Varandas Araruna ao secretário Cláudio Lima, da Segurança Pública do Estado.
Ministério Público do Trabalho

 

  Leia também  

Plano estratégico do Programa Na Mão Certa
Ministra vai priorizar direitos da criança e do adolescente
Apoio institucional: Votorantim Cimentos
Apoio institucional: Braskem
Ação Empresarial: Transcodil
Ação Empresarial: Eka Bahia

 

Voltar