Programa Na Mão Certa

Ciclo de Workshops Regionais

Em 2010 o tema “exploração sexual de crianças e adolescentes” ganhou espaço em diferentes mídias, por meio de iniciativas apoiadas pela Childhood Brasil. Foram sites, filmes e campanhas em redes sociais, como Facebook e Twitter. Veja um retrospecto das principais iniciativas:

Rádio Margarida
Lançado em fevereiro, no Pará, é um portal apoiado pela Childhood Brasil que tem por objetivo divulgar e lutar pela garantia dos direitos de meninos e meninas. O conteúdo é formado por todos os materiais educativos produzidos pela Rádio Margarida ao longo dos 18 anos de sua existência. Com download gratuito, podem ser acessados radionovelas, spots, curta-metragens e vídeos, fanzines, livros e artigos. www.radiomargarida.org.br

 
Filme Sonhos Roubados
Dirigido pela cineasta Sandra Werneck, o filme Sonhos Roubados foi lançado em abril e conta a história de três adolescentes da periferia carioca que nutrem sonhos por uma vida melhor em meio à difícil realidade em que vivem. O filme aborda com sensibilidade a história de Jéssica, Sabrina e Daiane e seus anseios em meio a uma realidade de famílias desestruturadas, uso de drogas, gravidez precoce e envolvimento em situações de exploração sexual como meio de sobrevivência e satisfação de desejos de consumo. Além da consultoria técnica para tratar das questões da infância e adolescência, a Childhood Brasil apoiou na divulgação do filme.
 
Site do programa Que exploração é essa?
Em junho foi publicado o site do programa que concentra os episódios da série televisiva “Que Exploração é Essa?”, produzido pelo Canal Futura, em parceria com a Childhood Brasil. Para criar a série, roteiristas, produtores do canal e diversos especialistas no tema participaram de oficinas na sede da Childhood Brasil em São Paulo, para definir os temas e a forma de abordagem. Produzido pela Casa de Cinema de Porto Alegre, a série de cinco episódios cria um mundo de bonecos animados que, em uma viagem pelo país, flagram situações de exploração sexual, abuso de poder e aliciamento de crianças e adolescentes. www.queexploracaoeessa.org.br
 
Campanha Viralize
O mês de agosto foi marcado pelo lançamento da campanha VIRALIZE, uma estratégia de comunicação para sensibilizar a sociedade sobre a importância de proteger crianças e adolescentes contra a violência sexual. Desenvolvida pela agência de publicidade Lew'Lara\TBWA, a campanha constitui-se de materiais destinados a diversas mídias e que têm potencial de “viralização”, ou seja, de disseminação. São vídeos que podem ser compatilhados, imagens para colocar em sites e mensagens que podem ser repassadas por e-mail, blogs, sites ou twitter. A ideia é que a mensagem não pare na primeira pessoa. A campanha está ativa e tem por objetivo ampliar a visibilidade da organização na sociedade, difundindo seu trabalho de prevenção e enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes. http://www.childhood.org.br/viralize/
 
Blog da Childhood Brasil
Lançado junto à campanha Viralize, o blog da Childhood Brasil é uma ferramenta dinâmica e interativa na defesa dos direitos de crianças e adolescentes. Apresenta temas relevantes para o debate do tema e traz informações atualizadas sobre os programas desenvolvidos pela organização. Através do blog é possível interagir com a Childhood Brasil nas redes sociais, tais como twitter e Facebook. Link: www.childhoodbrasil.org.br.
 
Childhood no Facebook
Em setembro de 2010, a Childhood Brasil criou uma presença no Facebook, uma das mais importantes redes sociais da Internet, com o objetivo de contribuir para a difusão da campanha VIRALIZE. O perfil divulga a campanha “O primeiro passo para acabar com o abuso sexual é a informação - viralize esse assunto” e ações divulgadas no blog da Childhood Brasil. Em 2010 o Facebook se tornou o site mais acessado do mundo, com 540 milhões de visitas. Clique aqui para acessar.

 

  Leia também  

Da Coordenação: balanço de 2010 e próximos desafios
Balanço do Comitê de Gestão Participativa
Programa mobiliza setores estratégicos
Childhood Brasil em várias mídias
Balanço das ações empresariais

 

Voltar