Programa Na Mão Certa

Balanço do Comitê de Gestão Participativa

Os trabalhos desenvolvidos pelo Comitê de Gestão Participativa representam uma conquista importante para a gestão do Programa Na Mão Certa, por trazerem as empresas para o centro das decisões estratégicas do Programa. Após um ano de trabalho, o grupo conseguiu construir o planejamento das ações para os próximos cinco anos do Programa para o enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes.

Os trabalhos desenvolvidos pelo Comitê de Gestão Participativa representam uma conquista importante para a gestão do Programa Na Mão Certa, por trazerem as empresas para o centro das decisões estratégicas do Programa. Após um ano de trabalho, o grupo conseguiu construir o planejamento das ações para os próximos cinco anos do Programa para o enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes.

A ideia de criação de um comitê surgiu logo após a criação do Programa e começou a se tornar realidade em 2009, com a realização das primeiras reuniões. O desafio inicial do grupo foi decidir a forma como o Comitê iria funcionar, a organização em grupos temáticos, a periodicidade de reuniões, escolha dos membros de cada grupo, alternância, entre outros temas. Sobretudo, o principal desafio foi compatibilizar a agenda dos profissionais de 30 diferentes empresas e entidades empresariais que voluntariamente se ofereceram para apoiar a Childhood Brasil com esta cooperação técnica.

As empresas organizaram-se em sete núcleos, dos quais quatro temáticos e três setoriais. Os quatro núcleos temáticos são: Gestão de Pontos Vulneráveis; Expansão América do Sul; Prevenção e Proteção e Educação Continuada. Os núcleos setoriais são: Indústrias e Embarcadores; Transporte, Logística e Distribuição; e Concessão de Rodovias.

Ao longo do ano de 2010 os núcleos participaram de diversas reuniões temáticas e gerais, a fim de chegar a um documento único: o plano de ação para o próximo ciclo de cinco anos do Programa. O grupo teve o apoio de consultores do Programa Na Mão Certa, da Coordenação de Programas da Childhood Brasil, do Instituto Ethos e da Organização Internacional do Trabalho (OIT). A última versão do planejamento foi discutida e aprovada na reunião de 6 de dezembro. A partir da próxima edição, o boletim do Programa Na Mão Certa começar a registrar os resultados do planejamento para o ciclo 2011/2015.

A coordenadora do Programa Na Mão Certa, Rosana Junqueira, reforça seu agradecimento pela participação e empenho de todas as pessoas envolvidas, pela dedicação do grupo, pelas ideias, por terem construído algo significativo que vai traçar os rumos das ações de enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras. O desafio para 2011 é começar a colocar em andamento o plano desenvolvido em 2010.

Embora os trabalhos do Comitê já estejam em andamento, o grupo está sempre aberto à participação de novos integrantes. Se sua empresa ainda não faz parte e tem interesse de contribuir, entre em contato com a Secretaria Executiva do Comitê pelo e-mail .

 

  Leia também  

Da Coordenação: balanço de 2010 e próximos desafios
Programa mobiliza setores estratégicos
Ciclo de Workshops Regionais
Childhood Brasil em várias mídias
Balanço das ações empresariais

 

Voltar