Programa Na Mão Certa

Da Coordenação: balanço de 2010 e próximos desafios

O ano de 2010 termina com o amadurecimento cada vez maior do Programa Na Mão Certa no enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras. Neste artigo, quero relembrar de alguns passos que fizeram a diferença.

Um dos destaques é a implantação do Comitê de Gestão Participativa. Com a participação de 30 empresas signatárias na gestão do Programa conseguimos confirmar que as ações adquirem um potencial maior de realização quando há o engajamento real das empresas nas decisões e rumos do Programa. Mesmo com pouco tempo de atuação do Comitê, seu trabalho tem trazido contribuições marcantes. Um exemplo é o envolvimento de setores estratégicos, como o de distribuição de combustíveis e o de gerenciamento de risco e rastreamento.

Outro fato a comemorar é o recorde no número de capacitações no Ciclo de Workshops Regionais e nas oficinas In-Company. Foram 538 profissionais das empresas signatárias capacitados para implantar o Programa e atuar como multiplicadores da causa, especialmente, junto aos caminhoneiros.

O 4º Encontro Empresarial e as mobilizações regionais também foram importantes: nesses eventos, os relatos de experiências serviram para inspirar todos a colocar em prática ações efetivas, desde a mais simples divulgação interna até eventos com parcerias entre signatários.

Como nos conta a publicação da sistematização do Programa Na Mão Certa, há cinco anos o tema ainda era tabu. Hoje podemos afirmar que está na agenda dos três setores, está na mídia, está nas redes sociais. E, como grande inovação, estão as ações realizadas por empresas signatárias. Este foi um ano com recorde de ações empresariais, em várias regiões do Brasil. A diversidade das ações mostra a criatividade e o engajamento das empresas participantes do Programa.

Encerramos o ano comemorando a adesão de novas empresas ao Pacto Empresarial. Ao final de 2009, éramos 640 empresas e entidades empresariais. Agora nosso grupo é formado por 846. Temos o desafio fazer com que cada vez mais as empresas coloquem em prática ações que possam transformar a realidade de muitas crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras!

Mas os desafios não podem parar. Em 2011, iniciaremos um novo ciclo do Programa. O Comitê de Gestão Participativa já concluiu os trabalhos de planejamento para os próximos cinco anos (2011/2015).

Meus sinceros agradecimentos a todos que acreditam e vêm trabalhando conosco nesta causa.

Desejo a todos um feliz 2011!

Rosana Junqueira
Coordenadora de Programas
Childhood Brasil
rosana@childhood.org.br

 

  Leia também  

Balanço do Comitê de Gestão Participativa
Programa mobiliza setores estratégicos
Ciclo de Workshops Regionais
Childhood Brasil em várias mídias
Balanço das ações empresariais

 

Voltar