Programa Na Mão Certa

De olho no assunto

Projeto forma líderes comunitários na região da Linha Amarela

Cerca de 40 líderes de mais de 20 comunidades das zonas norte e oeste do Rio de Janeiro concluíram em outubro o curso de Capacitação de Lideranças Comunitárias. A iniciativa é da Lamsa (Linha Amarela S.A) e do Instituto Invepar e visa auxiliar no desenvolvimento local sustentável. Durante os cinco meses de curso, foram abordados temas como liderança, empreendedorismo, comunicação, ação em rede, captação de recursos e gestão de projetos, entre outros. A iniciativa faz parte do projeto IntegrAção, que tem por objetivo fortalecer talentos, valorizar os recursos presentes nas comunidades e desenvolver projetos socioambientais em sintonia com os moradores.
Instituto Comunica


Sest/Senat inicia projeto de enfrentamento à exploração sexual

O Serviço Social do Transporte/Serviço Social de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat) iniciou em outubro um projeto de parcerias com postos de gasolina, para que os frentistas atuem no enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (ESCA), conscientizando e mobilizando caminhoneiros. O primeiro evento aconteceu no Posto São Cristóvão, na BR-116, em Fortaleza (CE), no dia 19 de outubro. Um banner foi colocado no posto para que os caminhoneiros autografassem, como forma de simbolizar sua adesão à campanha.
Portal Jangadeiro Online


MP do Tocantins recomenda atuação responsável de empresas

Para coibir a alta incidência de exploração sexual infantil em Araguaína (TO), a 350 km de Palmas, o Ministério Público Estadual (MPE) expediu recomendações a postos de gasolina, empresas de ônibus e motéis da região. As empresas devem afixar placas divulgando o Disque 100 e, no caso dos postos de gasolina, alertando para proibição da permanência de menores nas dependências durante a noite. As transportadoras devem observar a proibição de menores viajarem desacompanhados dos responsáveis e exigir a identificação dos passageiros. Já os motéis deverão afixar placas sobre a proibição de ingresso de menores e exigir dos usuários a apresentação de documentos de identidade. A medida pede que os proprietários das empresas denunciem à Polícia Judiciária ou Militar sobre exploração sexual de menores ocorrida em suas dependências, sob pena de serem responsabilizados.
MPE-TO


CNJ processa desembargador por acobertar exploração sexual

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu no dia 19 de outubro abrir processo para apurar denúncias contra o desembargador Carlos Prudêncio, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). Ele é acusado de envolvimento com exploração sexual de menor, tráfico de influência e de atrasar julgamentos. Segundo a Corregedoria do TJSC, Prudêncio teria conhecimento de situações de exploração sexual de uma menor no interior de Santa Catarina. A suspeita foi levantada após uma gravação telefônica autorizada pela Justiça ter revelado conversas em que o desembargador e um amigo falam sobre uma casa de prostituição e uma agenciadora de menores. Para a relatora do caso, corregedora nacional de Justiça Eliana Calmon, o diálogo mantido pelo desembargador é incompatível com a função de magistrado. "O simples conhecimento e o incentivo a tal conduta é de todo repreensível", disse. O magistrado negou a acusação e continua no cargo até a conclusão das investigações. - Agência Brasil e Rádio CBN

 

  Leia também  

1º Encontro Regional do Programa Na Mão Certa em Campinas
I Encontro Juntos pela Infância e pela Adolescência
Campanha Carinho de Verdade nas mídias sociais
Publicação conta a história dos cinco anos do Programa Na Mão Certa
Ação Empresarial: Camargo Corrêa
Ação Empresarial: III Semana Nacional de Trânsito Holcim

 

Voltar