Programa Na Mão Certa

Programa Na Mão Certa oferece materiais diferenciados

Com o objetivo de abordar de forma eficaz cada um dos públicos envolvidos nas ações relacionadas ao enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas, o Programa Na Mão Certa possui materiais únicos e diferenciados. De folders a ferramentas multimídia, os materiais dão suporte à abordagem, à mobilização e ao envolvimento de caminhoneiros, empresários, educadores e ao público geral para um problema tão grave e tão presente nas rodovias brasileiras. Desenvolvidos com linguagem e abordagem específicas, os materiais informativos e de formação devem ser olhados com atenção pelas empresas signatárias para serem utilizados de forma adequada e gerar bons frutos. Conheça, a seguir, os materiais existentes e as situações específicas em que devem ser utilizados.

Folder Institucional:
Contém apresentação breve da Childhood Brasil e do Programa Na Mão Certa. Deve ser utilizado para apresentar e divulgar o Pacto Empresarial e seus objetivos a funcionários da empresa, clientes e fornecedores. Pela abordagem que apresenta, não deve ser distribuído em eventos para caminhoneiros ou à comunidade, por exemplo.

Filme institucional:
Mostra o Programa e como empresas podem participar do enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes. Por este motivo, não é indicado para exibições abertas ao público. Deve estar incluído em um contexto mais direcionado, como apresentação do Programa a funcionários e outras empresas, por exemplo. Não deve ser apresentado para caminhoneiros. No site do Programa há um link onde o vídeo pode ser baixado.

Folheto Institucional:
Apresenta, em linhas gerais, quem faz e o os objetivos do Programa Na Mão Certa. Diferentemente do folder, possui linguagem direcionada a diferentes públicos e, por isso, pode ser distribuído em eventos que envolvam empresas, educadores e a comunidade em geral.

Anúncios, cartazes e banners:
Têm a intenção de despertar a curiosidade para o que é o Programa e atrair o público para saber mais detalhes. Por isso, é indicado tanto para divulgação interna nas empresas quanto em áreas de circulação pública ou em veículos de comunicação destinadas ao público em geral, como jornais e revistas.

Adesivos:
Os adesivos buscam alertar para a existência da exploração sexual nas rodovias e informar, de forma rápida e objetiva, as formas de denunciar este crime, através do Ligue 100. Os adesivos menores podem ser distribuídos a funcionários, clientes e parceiros. Os maiores são próprios para colagem em caminhões e em veículos de grande porte. Ressaltamos a importância da sensibilização dos motoristas que conduzem estes veículos antes da adesivagem dos veículos da empresa.

Kit Compromissos e Ações: parte integrante dos Ciclos de Workshops Regionais, o Guia Compromissos e Ações é uma ferramenta desenvolvida para auxiliar o Ponto focal desde a implantação do Programa nas empresas até o desenvolvimento de um plano de ações que gerem bons frutos. Com ele, são distribuídos materiais específicos para o monitoramento e a avaliação constante da evolução do Programa nas empresas. É um material exclusivo para pontos focais. Não é distribuído fora dos workshops e não deve ser reproduzido ou utilizado para outros fins que não os indicados no treinamento.

Kit Projeto de Educação Continuada: é um material exclusivo para colaboradores que participam dos Ciclo de Workshops Regionais para capacitação como Multiplicador. Através de treinamento e apoiados pelo material que compõe o kit, os multiplicadores conhecem melhor os aspectos da vida do caminhoneiro e aprendem técnicas para realizar abordagens de sucesso e para promover ações que mobilizem e engajem os motoristas no enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias. O principal diferencial é a orientação para a implantação da educação continuada para os motoristas, ou seja, o multiplicador passa a ter instrumentos para promover de maneira seriada e contínua a sensibilização e mobilização dos motoristas. Assim como o material destinado aos pontos focais, são entregues exclusivamente nos workshops e não devem ser reproduzidos ou utilizados para outros fins.

Materiais exclusivos para caminhoneiros

O grande diferencial do Programa Na Mão Certa é a definição de um público-alvo específico: o motorista de caminhão. Diferente dos demais profissionais encontrados na empresa, o caminhoneiro convive, todos os dias, com o problema da exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias. Por acreditar que o motorista pode ser um grande agente de enfrentamento a esse crime, o Programa Na Mão Certa possui materiais desenvolvidos especialmente para ele.

A coleção de 8 volumes do Guia Na Mão Certa para Caminhoneiros é a ferramenta exclusiva do Projeto de Educação Continuada para caminhoneiros, portanto não deve ser utilizado em eventos, panfletagens e outras ações das empresas.

Para abordagens dos caminhoneiros em geral, deve-se utilizar sempre o folheto Caminhoneiro, você pode dirigir por um Brasil melhor, que, como o nome diz, é destinado exclusivamente aos motoristas em trânsito durante eventos, pontos de carga, postos de combustível etc.

Esses dois materiais são elaborados com temas e linguagem que, embora apresentados de forma simples e direta, podem não ser bem entendidos por professores, alunos, comunidade e demais funcionários da empresa. Esses materiais foram desenvolvidos tendo como foco o caminhoneiro e pensados como parte de uma ação maior, que envolve a abordagem, o debate e a troca de informações.

Outros materiais

Apesar do Programa Na Mão Certa possuir uma estratégia pensada nos diferentes públicos envolvidos e capaz de atender a demanda das empresas signatárias do Pacto Empresarial, nem sempre os materiais disponíveis atendem a ações específicas. Por isso, o Programa Na Mão Certa está sempre aberto a sugestões de novos materiais, da mesma forma que seus colaboradores estão disponíveis para discutir e elaborar conjuntamente materiais com usos diferenciados. Se sua empresa necessita de um material específico, ou se sua empresa pensa em adaptar ou criar um material para um uso que não esteja citado acima, entre em contato conosco pelo e-mail . Através da troca de informações e de experiências poderemos aprimorar materiais e métodos e unirmos forças para o enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas.

No próximo boletim, vamos apresentar outros materiais da Childhood Brasil que estão disponíveis para as empresas signatárias do Programa Na Mão Certa e que podem ser ferramentas importantes em outras situações.

 

  Leia também  

Institutos e Fundações trocam experiências e debatem ações conjuntas
Workshop em Cuiabá dá início a mobilização em massa na região Centro-oeste
Na Mão Certa é destaque em programa de rádio
Aprovado pelo Senado projeto que prevê dedução de IR de doações a entidades de apoio a jovens
Unicef denuncia exploração sexual de crianças no mundo
De olho no assunto - resumo das principais notícias

 

Voltar