Programa Na Mão Certa

Dia Mundial contra a Exploração Sexual

No dia 4 de março, associações e organizações de todo o mundo realizaram o primeiro Dia Mundial da Luta contra a Exploração Sexual. A iniciativa, liderada por movimentos em defesa das mulheres e contra o tráfico de pessoas, foi uma tentativa de sensibilizar e alertar a opinião pública para esta forma de abuso contra os seres humanos. Entre as atividades realizadas esteve um diálogo internacional, realizado em Paris e repercutido em cerca de 20 países.

"Este dia é a oportunidade de lançar um grito de alarme porque a exploração sexual está se tornando o primeiro comércio ilícito no mundo, à frente do tráfico de drogas e de armas", explicou Swan Falandry, um dos organizadores e fundadores da associação GIPF (Grupo Internacional de Palavras de Mulheres).

Célhia de Lavarène, presidente da associação STOP (Stop Trafficking Of People), que apadrinha o evento, denunciou, às vésperas da manifestação, "a inação dos governos, que não têm nenhuma vontade política e se contentam em assinar belos tratados que não são jamais aplicados." Em decorrência dessa denúncia, as associações envolvidas no evento declararam ser indispensável harmonizar as legislações no plano europeu, tomando como modelo a Suécia, onde os clientes são castigados.

Os organizadores lembraram ainda que, segundo a ONU, os serviços mundiais para fins de prostituição fazem pelo menos quatro milhões de novas vítimas por ano, o que representa oito novas vítimas por minuto. Formadas principalmente por mulheres e moças, as vítimas são “recrutadas”, em média, aos 13 anos de idade, principalmente meios pobres.

*Com informações de AFP/Google News

 

  Leia também  

Violência sexual atinge crianças e adolescentes indígenas
Ação social: Votorantim Cimentos forma primeira turma de Motoristas Cidadãos
Ação empresarial: Gafor adota boletim para mobilizar colaboradores
Ação solidária: Signatárias podem ajudar projeto Lua Nova com materiais descartados
CPI da Pedofilia começa a apurar denúncias de abuso em Catanduva
De olho no assunto - resumo das principais notícias

 

Voltar