Programa Na Mão Certa

Pesquisa revela que seis em cada dez motoristas estão doentes

Pesquisa realizada pela concessionária de rodovias Rodonorte no Paraná, mostra que 63% dos caminhoneiros que passam pelo trecho entre Curitiba e Ponta Grossa estão doentes. A principal razão é a quantidade insuficiente de horas de sono por dia.

Entre os dois mil caminhoneiros entrevistados, 63% passam de 14 a 20 horas por dia ao volante e 31% dirigem entre 10 e 12 horas diárias. Apenas 6% deles fazem um expediente semelhante à maioria dos trabalhadores, entre seis e oito horas por dia.

Entre os problemas identificados estão o alcoolismo, que atinge 45,5% dos motoristas de caminhão, o tabagismo (18,9%) e o uso de anfetaminas (8%).

A pesquisa revelou também que 21% dos caminhoneiros apresentam problemas na coluna vertebral, 12% sofrem de alguma doença crônica, 8% têm problemas de visão e 95% afirmam que não se preocupam com a dieta alimentar.

Informações da Polícia Rodoviária Federal indicam que 33,2% dos caminhoneiros são obesos e 21,5% são hipertensos. Metade dos motoristas não tira férias e apenas 21% descansa trinta dias por ano.

Dados da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) estimam que o Paraná tem 78,5 mil caminhoneiros e 111,6 mil caminhões de carga. Dos profissionais, 40% estão na faixa entre 36 e 45 anos de idade.

*Com informações do jornal O Diário de Maringá

 

  Leia também  

II Encontro Empresarial está com inscrições abertas
Childhood Brasil e ANDI realizam 4º Concurso Tim Lopes de Jornalismo
Ação Empresarial: ABTCP assina Pacto Empresarial
Ação Empresarial: Grupo AREX realiza ações de apoio ao Programa
Ação Empresarial: Cerbel comemora dia do caminhoneiro
Guia auxilia no tratamento de informações sobre os direitos da criança e do adolescente
De olho no assunto - resumo das principais notícias

 

Voltar