Programa Na Mão Certa

De olho no assunto

Presa quadrilha que explorava crianças e adolescentes em SP. Ministério Público discute exploração sexual em Maceió. Blitz da PRF comprova uso de drogas por caminhoneiros no ES. Distúrbios do sono serão avaliados para renovação de carteira. Ministro defende criminalização de motorista que dirige embriagado. Pedalada marca o Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual Infantil.

Presa quadrilha que explorava crianças e adolescentes em SP
Cinco homens e uma mulher foram presos no dia 18 em Registro (SP), acusados de explorar sexualmente crianças e adolescentes. Os crimes vinham sendo investigados havia dois anos pelas promotorias Criminal e da Infância e da Juventude da cidade. Dois hotéis da cidade também estavam envolvidos no esquema. As investigações tiveram início a partir de denúncias da exploração sexual, sobretudo nas margens da Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), que corta a cidade. Um mapa da exploração infantil na região elaborado pelo Ministério Público serviu de base para a expedição dos mandados de busca e prisão cumpridos. De acordo com o promotor Yuri Castiglione, a grande incidência de exploração sexual no Vale do Ribeira está relacionado às condições de carência de grande parte da população. O MPE vai fazer um trabalho conjunto com a Vara da Infância e da Juventude para reintegrar as vítimas da exploração sexual à sociedade, através de cursos de profissionalização.

A Tarde


Ministério Público discute exploração sexual em Maceió
No último dia 24, o Ministério Público de Alagoas planejou a edição 2008 da Campanha de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no estado. Durante a reunião foi anunciada a criação, pela Câmara Municipal de Maceió, da Comissão de Defesa dos Direitos da Infância e Adolescência. “Essa comissão terá como objetivo apreciar todo e qualquer projeto que envolva ou diga respeito à questão da criança e do adolescente, além de oficiar os órgãos competentes com relação a qualquer demanda sobre o tema e cobrar a elucidação de casos de agressão contra crianças e jovens. Também temos como objetivo solicitar o cancelamento do alvará de funcionamento de todo e qualquer estabelecimento comercial envolvido em denúncia de abuso ou exploração sexual contra crianças e adolescentes”, afirmou o vereador Diogo Gaia, presidente da comissão.

Alagoas 24 Horas


Blitz da PRF comprova uso de drogas por caminhoneiros no ES
Em ação realizada no dia 19 de abril, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) verificou as condições de saúde dos motoristas que passavam pela Rodovia do Contorno, no Espírito Santo. Os resultados dos exames toxicológicos a partir da urina revelaram dados preocupantes. Em 16% dos condutores havia a presença de anfetaminas, drogas utilizadas com o objetivo de impedir o sono ao volante e aumentar a produtividade. Em outros 8% das amostras foram verificadas substâncias benzodiazepícas, cocaínas, anfetaminas ou THC (maconha). A PRF destaca que esses resultados levam ao entendimento de que parcela dos acidentes com veículos de carga verificados cotidianamente podem estar relacionados ao uso dessas drogas, requerendo, imediatamente, que a legislação e a fiscalização se adaptem a essa realidade, até para que haja aparelhos similares aos etilômetros, mas voltados à identificação dos entorpecentes.

Gazeta On-line


Distúrbios do sono serão avaliados para renovação de carteira
Caminhoneiros e motoristas de ônibus terão de passar por uma avaliação da qualidade do sono para tirar ou renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A exigência foi estabelecida pela resolução n° 267 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que entrou em vigor no final de fevereiro. Segundo Rita Cunha, coordenadora da Câmara Temática de Saúde e Meio-Ambiente do Contran, órgão responsável pela elaboração da nova norma, a avaliação é obrigatória só para motoristas com carteira de categorias C, D e E. Atualmente, de acordo com o conselho de trânsito, cerca de 8,6 milhões de pessoas tem carteiras de motorista em uma dessas categorias. Ficam de fora da exigência motociclistas e motoristas de automóveis. A intenção da norma, disse ela, é reduzir o número de acidentes causados pelos cochilos. “Esse motorista [ da categoria C, D, ou E ] é o motorista do volante mesmo” afirmou. “Ele é o que fica mais tempo dirigindo, passando por paisagens monótonas e, portanto, está mais suscetível aos cochilos.”

Agência Brasil


Ministro defende criminalização de motorista que dirige embriagado
Ao comentar a votação da medida provisória que regulamenta a venda de bebidas alcoólicas nas rodovias federais, o ministro da Justiça, Tarso Genro, afirmou no último dia 23 que é positivo punir o motorista que dirige alcoolizado. “Achamos que é altamente positivo criminalizar o fato de pessoas dirigirem embriagadas. É o chamado dolo eventual. A pessoa quando assume o risco de produzir determinada lesão tem que ser responsabilizada por isso”, disse o ministro. De acordo com o líder do PT na Câmara, Maurício Rands (PE), o foco deixa de ser dificultar a venda de bebidas alcoólicas nas estradas e passa a ser a punição do motorista alcoolizado. A venda de bebidas alcoólicas passa a ser permitida em áreas urbanas, mas mantém-se a proibição nas áreas rurais.

Agência Brasil


Pedalada marca o Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual Infantil
O Comitê Municipal de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes programou uma séria de atividades para a semana do dia 18 de Maio em Cuiabá (MT). A data é o marco nacional do enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Entre as atividades programadas está uma passeata pelas ruas que registram o maior número de denúncias na cidade. Também será realizada a “Pedalada”, um passeio ciclístico que sairá do centro de Várzea Grande até a Praça do Porto, em Cuiabá, uma das regiões que mais sofre com a exploração sexual de crianças e adolescentes.

24 Horas News

 

  Leia também  

Exploração sexual de crianças e adolescentes pode se tornar crime hediondo
Programa Na Mão Certa alcança 300 empresas signatárias do Pacto Empresarial
Votorantim Cimentos é mais nova apoiadora do Programa Na Mão Certa

 

Voltar