Programa Na Mão Certa

Encontro Anual apresentou as diretrizes do Programa Na Mão Certa


Diretrizes Planejamento Estratégico 2015 | 2020 : Advocacy, Assessoria e Engajamento



O evento de comemoração dos 10 anos do Programa Na Mão Certa, além de reviver a trajetória exitosa ao longo desse tempo, destacou o planejamento estratégico para o período 2015/2020. O planejamento foi realizado pela Childhood Brasil em 2014, definindo para o Programa um alinhamento institucional com novas diretrizes: advocacy, assessoria e engajamento.

Essas diretrizes são a base do Programa Na Mão Certa e passam a estar acompanhadas de métricas que orientam as ações, tais como: efetividade, inovação, redes em parceria, autossustentação, excelência na gestão e escala.

No Advocacy, ainda em 2014, o tema do 8º Encontro Anual foi a “Lei do Descanso do Caminhoneiro” que passava por um processo de revisão. Na ocasião, aproveitou-se para influenciar o Ministério Público do Trabalho e o Ministério do Trabalho e Emprego a considerar a questão da proteção de crianças e adolescentes em locais de parada e descanso propostos pela lei.

O resultado foi imediato e, em 2015, foi promulgada a nova Lei 13.103, bem como a Portaria 944, que regula a fiscalização da lei. Nessa portaria foi inserido o Artigo 12, que restringe o acesso de crianças e adolescentes aos locais de parada e descanso exigindo identificação dos pais ou responsáveis legais.

Na Assessoria, o Programa Na Mão Certa avançou, em 2015 e 2016, no desenvolvimento do “Projeto Soluções & Ferramentas”. A partir dele, grupos de trabalho com empresas construíram e validaram o projeto para pilotos em novas frentes da empresa, como lideranças e público interno, comunidade e entorno, e cadeia de fornecedores.

A partir de 2017, esses projetos pilotos estão prontos para serem implantados com empresas interessadas e avançarão integrados com a construção do Banco de Boas Práticas.

No âmbito do Engajamento, o Programa mapeou setores estratégicos levando em conta fatores de risco para a ocorrência da exploração sexual de crianças e adolescentes e o potencial de atuação com caminhoneiros. Entre os setores estratégicos mapeados estão o agronegócio (com foco em grãos), mineração e cimento, distribuidoras de combustíveis (com foco em postos), operações portuárias e concessionárias de rodovias, todos alvos da diretriz de engajamento até 2020.

“Precisamos lembrar, todos os dias, que nosso trabalho não são números, estamos falando da transformação real da vida das crianças e adolescentes e dos caminhoneiros”, define Eva Dengler, gerente de programas e relações empresarias da Childhood Brasil.

 

  Leia também  

Programa Na Mão Certa celebra 10 anos, revive sua trajetória e projeta novos desafios
Os primeiros passos numa longa estrada
A arte imita a vida para contar os 10 anos da trajetória do Programa
Case Truckers Against Trafficking mostra inovações e semelhanças no enfrentamento da exploração sexual
Roda de conversa com caminhoneiros expõe os desafios do engajamento
Globo Estrada Na Mão Certa

 

Voltar