Programa Na Mão Certa

IDLocal lança guia para enfrentar a exploração sexual de crianças e adolescentes


A Iniciativa Desenvolvimento Local e Grandes Empreendimentos (IDLocal) lançou um guia para auxiliar as empresas a implementarem diretrizes de atuação para a proteção integral de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, em áreas receptoras de grandes obras e empreendimentos.

O tema é de grande interesse para as empresas, e certamente para aquelas que fazem parte do Programa Na Mão Certa, principalmente as que trabalham em operações de logística e transporte em locais onde se realizam grandes obras. É sabido que a instalação e a operação desses empreendimentos causam mudanças drásticas nas regiões onde são implantados. Por conta disso, o guia chega em boa hora para as empresas dedicadas a não deixar que suas cadeias produtivas fiquem ameaçadas por essa grave violação dos direitos humanos, o crime da exploração sexual de crianças e adolescentes.

A IDLocal é uma iniciativa do GVces, o Centro de Estudos em Sustentabilidade da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP), é um espaço aberto de estudo, aprendizado, reflexão, inovação e produção de conhecimento, composto por pessoas de formação multidisciplinar.

Intitulado Guia de Implementação das Diretrizes Empresariais para Proteção Integral de Crianças e Adolescentes no Contexto de Grandes Empreendimentos, o documento foi elaborado em colaboração com a Childhood Brasil, idealizadora e gestora do Programa Na Mão Certa.

A iniciativa teve como seu primeiro desafio refletir sobre como inserir a questão dos direitos de crianças e adolescentes nas práticas empresariais, tendo em vista os riscos decorrentes das operações ligadas a grandes obras, que muitas vezes ocorrem em território social com pouca atenção do Estado, sem equipamentos públicos e com problemas econômicos e ambientais delicados.

O objetivo é construir ferramentas que apoiem as empresas brasileiras a desempenhar uma função ativa no que diz respeito à proteção integral de crianças e adolescentes no contexto de seus empreendimentos localizados em áreas de vulnerabilidade social, ambiental e humana.

A iniciativa construiu, com diversas empresas, uma série de diretrizes empresariais para orientar a atuação desses atores na garantia dos direitos básicos de crianças e adolescentes em territórios afetados pelas operações. “Essa publicação traz um passo a passo para o desenvolvimento do Balanced Scorecard, uma ferramenta clássica empresarial que foi adaptada pela iniciativa para responder ao desafio da internalização do tema proteção integral de crianças e adolescentes na gestão”, conta Lívia Pagotto, coordenadora da IDLocal.


✔ Para conhecer o guia, faça o download:

O guia pode ser baixado em PDF.



Visite a página do IDLocal.

 

 

  Leia também  

Reconhecimento Anual 2015: fique atento aos novos prazos
Concessionárias se unem para enfrentar a exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas
Ministério Público Federal lança campanha contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes
Patrocinadores 2015: Arcor do Brasil
Patrocinadores 2015: Gerdau
Globo Estrada Na Mão Certa
De olho no assunto - resumo das principais notícias

 

Voltar