Programa Na Mão Certa

De olho no assunto

Melhorias em pontos de parada de caminhoneiros podem inibir exploração sexual

A criação de pontos de parada para caminhoneiros, com infraestrutura e serviços adequados, é uma ferramenta fundamental para o enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes. A avaliação foi feita por empresários do setor de transporte de cargas, procuradores do Trabalho e defensores de direitos humanos no 8º Encontro Empresarial do Programa Na Mão Certa. O evento é patrocinado pela organização não governamental (ONG) Childhood Brasil. Criado em 2006, a iniciativa reúne empresas em torno de um pacto para combater a exploração sexual nas rodovias brasileiras.

“Para que ele [caminhoneiro] se veja como agente transformador dessa situação, ele também tem que perceber que algo está sendo feito para garantir os seus direitos. Quando não se garantem direitos básicos, como um local para descansar, não se garante o convívio dele com a família", avaliou Renata Namekata, coordenadora do Grupo Especial de Fiscalização do Trabalho em Transporte (Getrac) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Ela acredita que oferecer condições de trabalho pode contribuir para que o motorista atue como agente protetor de crianças e adolescentes e não violador dos direitos desse segmento.

Fonte:Agência Brasil

Childhood Brasil promove encontro empresarial do Programa Na Mão Certa

A Childhood Brasil realizou ontem o 8º Encontro Empresarial do Programa Na Mão Certa. O objetivo é a construção conjunta de critérios dos pontos de apoio, para que eles possam ser incorporados ao processo de implantação da Lei 12.619 - Lei de Descanso do Caminhoneiro, considerando o enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias do Brasil. A partir do encontro será formado um Grupo de Trabalho para elaborar as recomendações necessárias para a proteção de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras. Os debates estão divididos em três painéis; Lei 12619 e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas rodovias brasileiras, Boas Práticas e Proposta de Critérios para Pontos de Apoio.

Fonte: Revista O Carreteiro

SETCESP sedia 8º Encontro Empresarial do Programa Na Mão Certa

Foi realizado, na sede do SETCESP, o 8º Encontro Empresarial do Programa Na Mão Certa, iniciativa patrocinada pela ONG Childhood Brasil desde 2006.Na ocasião, empresários do setor de transporte de cargas, procuradores do Trabalho e defensores de direitos humanos puderam debater alternativas de enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes, sobretudo os critérios para implantação dos pontos de apoio da Lei 12.619, conhecida como a Lei do Motorista.

“Como é sabido, o SETCESP é parceiro do programa, que tem por objetivo combater a exploração sexual de criança e do adolescente nas rodovias brasileiras. Hoje tivemos a oportunidade de comentar sobre a Lei do Motorista, onde destacamos a necessidade de acelerar a instalação dos pontos de parada para caminhoneiros, pois essas instalações bem aparelhadas e com vigilância constante há de mitigar muito a exploração sexual”, disse Adauto Bentivegna Filho, assessor jurídico do SETCESP, que ministrou palestra na ocasião.

“O oitavo encontro empresarial foi um sucesso, com presença massiva de transportadores e fornecedores do nosso segmento. Tivemos a importante presença de autoridades reguladoras, e foi discutido a implementação de algumas ferramentas que podem ser utilizadas para combater um problema que afeta toda a sociedade, que é a exploração sexual de jovens e adolescentes”, conclui Tayguara Helou, vice-presidente do SETCESP.

Fonte: SETCESP

Coopercarga participa do 8º Encontro Empresarial Na Mão Certa

Aconteceu, em São Paulo, o 8º Encontro Empresarial Na Mão Certa. O evento foi promovido pela Childhood Brasil e reuniu empresas, entidades e atores ligados ao setor de transporte rodoviário de cargas. Da Coopercarga, esteve presente o gerente de projetos logísticos, João Celso Ferreira da Costa. Na oportunidade, foram discutidos assuntos relacionados à proteção de crianças e adolescentes contra exploração sexual nas rodovias do Brasil, critérios para os pontos de parada que considerem o enfrentamento da exploração sexual e a execução da Lei 12.619 (Descanso do Caminhoneiro). Na sequência, foi aberto um fórum, oferecendo aos convidados um espaço para contribuírem com ações que complementassem o projeto “Na Mão Certa”. Os presentes trouxeram suas sugestões, que serão analisadas pela Childhood Brasil. A Coopercarga é signatária do Programa Na Mão Certa desde o ano de 2012 e sua contribuição com o programa se dá através do desenvolvimento de campanhas de prevenção, focadas para os motoristas, por meio de informações, sensibilização e capacitação visando proteger as crianças e adolescentes.

Fonte: Coopercarga

 

  Leia também  

Lei do Descanso é tema do 8º Encontro Empresarial do Programa Na Mão Certa
Empresas recebem o Certificado de Reconhecimento 2014
A importância da Lei do Descanso para a proteção da infância nas estradas
O importante papel do Ministério do Trabalho e Emprego e do Ministério Público do Trabalho
Boas práticas relacionadas aos pontos de parada em rodovias inspiram a plateia
Construção conjunta de critérios
Globo Estrada Na Mão Certa

 

Voltar