Programa Na Mão Certa

Boas práticas relacionadas aos pontos de parada em rodovias inspiram a plateia

Crédito Fotos: Romero Cruz

O Encontro Empresarial do Na Mão Certa realizou também um painel de boas práticas, públicas e privadas, com objetivo de inspirar a plateia para a construção de critérios no enfrentamento da exploração sexual e crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras.

Conheça os quatro casos apresentados durante o evento.


Marcia Freitas Vieira

Projeto Mapear – Polícia Rodoviária Federal

O mapeamento da exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais, definido pelo nome de Projeto Mapear, tornou-se uma importante contribuição para o entendimento do problema, tanto para a realização de ações empresariais como para a execução de políticas públicas e foi apresentado pela Inspetora Marcia Freitas Vieira, Presidente da Comissão de Direitos Humanos da PRF.

O Projeto consiste no mapeamento dos pontos de risco de exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas. Atualmente, existem mais de 1700 pontos vulneráveis. Em sua apresentação, Marcia falou sobre a metodologia do levantamento e focou na importância desta iniciativa subsidiar, com dados concretos, a realidade dos pontos de parada nas rodovias brasileiras. Os principais aspectos que tornam um local vulnerável à exploração sexual são: existência de prostituição, venda de álcool e outras drogas, aglomeração de veículos (em especial caminhões), inexistência de iluminação adequada associada à falta de vigilância e a presença de crianças e adolescentes não acompanhados, além da existência de ocorrências já registradas de exploração sexual de crianças e adolescentes no local.

✔ Acesse a apresentação:

Título: Projeto Mapear
Autor: Marcia Freitas Vieira – Polícia Rodoviária Federal
Arquivo PDF



Thiago Albuquerque

Tomada de ação no enfrentamento – Pamcary

Thiago Macedo Albuquerque, da Pamcary, fez uma apresentação sobre a “Tomada de Ação no Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Estradas”. Ele apresentou o projeto Motorista Socialmente Responsável, no qual o enfrentamento do problema está inserido nas estratégias de diálogo com os motoristas alcançados pela empresa, responsável por ações de gerenciamento de risco e informações logísticas no transporte rodoviário de cargas, inclusive para várias empresas do Programa Na Mão Certa.

“Nossos critérios de avaliação de pontos de parada sempre levam em conta a existência ou não do problema da exploração sexual de crianças e adolescentes”, explicou Thiago. Segundo ele, a Pamcary está desenvolvendo também uma ferramenta tecnológica que vai permitir ao motorista comunicar-se com o a central de operações sempre que ele identificar alguma questão suspeita em relação à exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas ou em pontos de parada.

✔ Acesse a apresentação:

Título: Tomada de ação no enfrentamento
Autor: Thiago Albuquerque – Pamcary
Arquivo PDF



Luca Cyrillo

Clube da Estrada – Repom

Apresentado pelo diretor comercial da Repom, Luca Cyrillo, o projeto Clube da Estrada é uma iniciativa que busca valorizar e melhorar a qualidade de vida dos caminhoneiros durante o tempo de parada. “Nosso propósito é ser o melhor local de descanso, lazer, informação e prestação de serviços voltado aos caminhoneiros do Brasil”.

Em sua apresentação, Luca explicou os critérios que um posto de combustível precisa ter para receber o Clube da Estrada. Também disse que são feitas visitas não informadas, para verificar as condições de segurança e a existência de exploração sexual de crianças e adolescentes no estabelecimento, o que desqualifica o posto, de imediato, para receber o Clube da Estrada. Nesses casos, a Repom orienta os responsáveis sobre a necessidade de enfrentar esta atuação ilegal.

✔ Acesse a apresentação:

Título: Clube da Estrada
Autor: Luca Cyrillo – Repom
Arquivo PDF



Rogério Bahú

Ponto de Apoio para Caminhoneiros – Renovias

A boa prática da Renovias, compartilhada pelo diretor Rogério Bahú, apresentou uma iniciativa que funciona a serviço dos caminhoneiros desde 2004 e é gratuita. A “Área de Descanso”, como foi chamada pela empresa, está localizada na Rodovia SP-340 (km 151+300 – Pista Sul). É um local de parada com segurança, criado com objetivo específico de propiciar descanso, oferecendo banheiros com chuveiros, cozinha de apoio com mesas de refeitório e atividades básicas de lazer.

A área de descanso da Renovias é extremamente segura. Para entrar, o motorista precisa se identificar, é proibido o consumo de bebidas alcoólicas e há um rígido controle da presença de acompanhantes. Este ponto de apoio da Renovias é um bom exemplo e certamente uma referência no Brasil para novos pontos de apoio que deverão ser criados para apoiar a implantação da Lei do Descanso.

✔ Acesse a apresentação:

Título: Ponto de Apoio para Caminhoneiros
Autor: Rogério Bahú – Renovias
Arquivo PDF

 

 

  Leia também  

Lei do Descanso é tema do 8º Encontro Empresarial do Programa Na Mão Certa
Empresas recebem o Certificado de Reconhecimento 2014
A importância da Lei do Descanso para a proteção da infância nas estradas
O importante papel do Ministério do Trabalho e Emprego e do Ministério Público do Trabalho
Construção conjunta de critérios
Globo Estrada Na Mão Certa
De olho no assunto - resumo das principais notícias

 

Voltar