Programa Na Mão Certa

Ação empresarial: Trans Várzea

Sediada em Várzea Paulista (SP), a atua em todo o território nacional no transporte de cargas perigosas. Está no mercado desde 1985 é uma ativa participante do Programa Na Mão Certa. A empresa já fez a migração para as novas categorias obrigatórias e passou de Signatária à Parceira.

Sediada em Várzea Paulista (SP), a atua em todo o território nacional no transporte de cargas perigosas. Está no mercado desde 1985 é uma ativa participante do Programa Na Mão Certa. A empresa já fez a migração para as novas categorias obrigatórias e passou de Signatária à Parceira.

A empresa realizou, em diversos pontos do Brasil, uma série de ações de sensibilização e mobilização de caminhoneiros e empresas para o enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas. “Foram diversas ações, envolvendo tanto nossos motoristas quanto nossos clientes e motoristas de outras transportadoras”, explica Nalva de Oliveira, coordenadora ambiental e representante da direção da Trans Várzea. “Realizamos uma campanha de sensibilização que começou em Várzea Paulista e passou por Jundiaí (SP), Itupeva (SP), Eunápolis (BA), Mucuri (BA) e Camaçari (ES)”, explica Nalva.

Em Várzea Paulista, a empresa seu zuniu à sua cliente, a fábrica de produtos químicos Elekeiroz S/A, e realizou palestras e distribuição de materiais para motoristas e pessoal administrativo, com a distribuição de Guias Na Mão Certa para Caminhoneiros, camisetas e bonés alusivos ao enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas. A Elekeiroz S/A também faz parte do Programa Na Mão Certa e já fez a migração para as novas categorias, ficando como Apoiadora

Também em Várzea Paulista, a empresa organizou palestras, em parceria com a Prefeitura Municipal e o Detran, para conscientizar motoristas próprios, agregados e profissionais de outras empresas da cidade. Também foram distribuídos guias e materiais de sensibilização.

Depois, as ações foram repicadas nas demais cidades. Em Jundiaí, em parceria com sua cliente, a Eka Chemicals (Grupo Akzo Nobel), motoristas e pessoal administrativo foram sensibilizados através de palestras e distribuição de materiais. Em Itupeva, em parceria com a cliente Akzo Nobel, também foram realizadas palestras e distribuição de materiais.

O mesmo aconteceu em Eunápolis e Camaçari, onde a Trans Várzea tem motoristas à seu serviço. Em Mucuri, a ação foi realizada em parceria com a cliente local, a Suzano Celulose. “O interessante é que não apenas nossos motoristas e o pessoal das nossas clientes foram sensibilizados. Motoristas de outras transportadoras, que também trabalham para os nossos clientes, foram alcançados pela sensibilização”, explica Nalva.

Akzo Nobel e Suzano também já migraram para as novas categorias obrigatórias. As duas são agora Apoiadoras.

Para saber mais sobre a Trans Várzea, visite o site da empresa.

 

  Leia também  

Childhood Brasil lança campanha pela defesa da infância durante o mundial de futebol
Aplicativo facilita denúncias de violência contra crianças e adolescentes durante o Mundial de Futebol
Com Xuxa e Dilma Rousseff, 18 de maio mobiliza o país para a proteção da infância
Globo Estrada recebe prêmio Neide Castanha
Patrocinadores 2014: Treelog
Globo Estrada Na Mão Certa
De olho no assunto - resumo das principais notícias

 

Voltar