Programa Na Mão Certa

Conheça os três casos empresariais apresentados no evento

Os casos empresariais apresentados foram selecionados. Todas as empresas signatárias puderam participar em duas categorias. A Gerdau foi convidada especial para apresentar a integração do Programa Na Mão Certa com o Programa Voluntário Gerdau.

Danone

Com o tema Avanços nas ações integradas realizadas em parceria entre embarcadores e transportadoras, Naiane Cuzziol e Ricardo Silva, representantes da Danone, apresentaram o PET - Programa de Excelência no Transporte, um Programa voltado para transportadoras e centros de distribuição, que tem como objetivo determinar o padrão de serviço a ser seguido, com foco na excelência de distribuição dos produtos Danone.

O Programa é estruturado em cinco pilares - segurança, qualidade e segurança de alimentos, gestão de rotina, indicadores e sustentabilidade – e é por meio do pilar de sustentabilidade que a Danone tem utilizado o Programa Na Mão Certa para abordar o enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras.

Conforme ressaltado por Naiane Cuzziol, o tema tem recebido atenção especial da empresa por meio de ações de visibilidade. Além do espaço no jornal interno PET Comunica, distribuído mensalmente para os colaboradores da empresas, há uma preocupação em garantir a participação de seus monitores no workshop anual promovido pelo Programa para que se tornem multiplicadores da causa. Com relação aos motoristas, os Centros de Distribuição Danone realizam reuniões periódicas nas quais o tema é abordado. Para mapear os riscos e as denúncias nas estradas, a empresa faz uso de um instrumento exclusivo, o Formulário de Transporte Seguro.

Segundo Naiane Cuzziol, o trabalho realizado tem dado resultados. “Só no primeiro semestre deste ano, 87% dos transportadores que prestam serviços à empresa aderiram ao Pacto Empresarial do Programa Na Mão Certa e 90% dos Centros de Distribuição já abordaram o tema da exploração sexual de crianças e adolescentes”, disse.

Naiane e Ricardo finalizaram a apresentação destacando a satisfação da empresa com o reconhecimento dos motoristas sobre a importância do tema e o objetivo de conscientizar todos os proprietários de transportadoras quanto à responsabilidade de envolver seus motoristas na causa.

Rota das Bandeiras

Signatária do Pacto Empresarial há três anos, a Concessionária é responsável pela administração do Corredor Dom Pedro I, um trecho de quase 300 quilômetros de rodovia que atende 17 municípios no Estado de São Paulo. São 130 mil veículos por dia e 2,5 milhões de pessoas atendidas. Diante de números tão expressivos, Marcela Rezende, analista de Responsabilidade Social da Concessionária, expôs os avanços nas ações integradas realizadas nas rodovias.

Além de um mapeamento para identificar pontos de vulnerabilidade ao longo dos 300 km de rodovia e firmar parceria com a Polícia Rodoviária Federal, a empresa, por meio de oficinas e palestras, levou o tema da exploração sexual de crianças e adolescentes às escolas da rede pública da comunidade de Cosmópolis (SP).

Marcela ressaltou que o envolvimento de parceiros, fornecedores e postos de serviços comprometidos com a causa tem sido importante. “Essas parcerias não só enriqueceram o plano de trabalho proposto pela Concessionária, mas também ajudam a ampliar o campo de atuação de divulgação do tema”, disse.

As campanhas realizadas nas rodovias têm sido uma das iniciativas desenvolvidas pela empresa com o objetivo de reduzir o número de acidentes nas rodovias. A Campanha Parada Legal disponibiliza serviços voltados para a segurança e a saúde dos motoristas, além de sensibilizá-los sobre o tema do Programa Na Mão Certa.

De acordo com Marcela, durante a sétima edição da Campanha em 2013, realizada em parceria com a Intercement em junho no Posto de Serviço Três Irmãos, no quilômetro 103 da Rodovia Dom Pedro I (SP), 559 caminhoneiros foram atendidos e receberam material informativo.

Segundo ela, os resultados têm evidenciado não só uma maior conscientização por parte dos caminhoneiros, mas também um aumento no número de envolvidos na causa e o reconhecimento da empresa pela comunidade, os parceiros, os colaboradores e os fornecedores por seu engajamento no enfrentamento à exploração sexual infanto-juvenil.

Em dois anos de trabalho, muitos avanços foram alcançados: 2.873 caminhoneiros sensibilizados, sete Campanhas de Segurança Viária e Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adoelscentes, envolvimento de 30 empresas parceiras, distribuição de 150 mil materiais educativos nas Praças de Pedágio e de Postos de Atendimento ao Usuário.

Case especial: Gerdau

Diogo Mac-Cord, coordenador nacional do Programa Na Mão Certa na Gerdau, falou sobre o Programa Voluntário Gerdau e como os colaboradores da empresa têm sido mobilizados em torno das ações realizadas pelo Instituto Gerdau, área de responsabilidade social da empresa representada por Paulo Boneff durante a apresentação. O Programa tem como fundamento fomentar uma cultura de solidariedade e de crescimento dos indivíduos baseada na atitude voluntária e cujas ações possam contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades.

Só em 2012, nove mil voluntários foram envolvidos em ações regulares. A Olimpíada Voluntário Gerdau 2012, no entanto, reuniu cerca de 13 mil.

Inserido nas usinas, fábricas, florestal, mineração e unidades da Comercial Gerdau em todos os estados do Brasil, o Programa Na Mão Certa conta com mais de 300 voluntários atuantes. Os resultados mostram que 250 mil motoristas já foram sensibilizados e 90% dos fornecedores logísticos são signatários do Pacto Empresarial.

Para quem pretende implementar um programa de voluntariado empresarial, Diogo ressalta que “é importante levar a cultura do voluntariado e não fazer algo ou defender uma causa porque tem que fazer”. Foco nas pessoas como base do desenvolvimento sustentável das comunidades, transferência de conhecimento, envolvimento das lideranças no processo, visão de trabalho voluntário como exercício da cidadania, auxílio na capacitação profissional do colaborador e adequação da forma de atuação de acordo com as necessidades locais foram outras dicas dadas por ele.

 

Veja aqui como foram as apresentações Painel Casos Empresariais:

 

Conheça todos os casos empresariais apresentados para seleção em 2013 clique aqui.

 

Instruções: Arquivos acima estão em formato PDF, você precisa ter o Adobe Acrobat Reader instalado. (Se necessário, clique aqui para fazer o download gratuito e instalá-lo.)

 

 

  Leia também  

7° Encontro Na Mão Certa – Uma Visão de Futuro convida empresas para construção de novos caminhos
Painel aborda os impactos da Lei 12.619 – A lei do descanso
A importância da abordagem transversal dos direitos humanos nas empresas
Projeto Copa é apresentado às empresas
Pedro Trucão é o grande homenageado do encontro
Globo Estrada Na Mão Certa
De olho no assunto - resumo das principais notícias

 

Voltar