Programa Na Mão Certa

De olho no assunto

Caminhoneiros aproveitam o “Parada Legal”

A Concessionária Rota das Bandeiras promoveu nos dias 25, 26 e 27, a sétima edição do Programa Parada Legal voltado para a segurança e a saúde dos caminhoneiros. Diversos serviços foram disponibilizados para os trabalhadores que passaram pelo Km 103 da Rodovia D. Pedro I. Para assistir a matéria na íntegra, clique aqui.

Fonte: ITV Brasil – 25/06/2013

Investigações mal feitas prejudicam processos por abuso sexual

Inquéritos sobre abuso sexual são prejudicados por investigações mal feitas, revela pesquisa inédita publicada no País. No Brasil há apenas um único levantamento realmente abrangente sobre o desfecho dos casos, realizado por um juiz de Recife (PE).

Fonte: Fantástico – 07/07/2013

Unesco: metade das crianças fora da escola vive em áreas de conflito

O relatório "Monitoramento Global da Educação para Todos", realizado pela Unesco, em parceria com a ONG "Save The Children", mostrou que 57 milhões de crianças no mundo não frequentam escolas e que metade delas vive em países afetados por conflitos. A divulgação do relatório foi feita para marcar o aniversário de 16 anos de Malala Yousafzai, pasquitanesa que sofreu um atentado no caminho à escola.

Fonte: JB Online – 11/07/2013

Papa endurece leis contra pedofilia e atos de corrupção

O papa Francisco assinou decreto que reforçou as leis penais do Estado do Vaticano para tornar crimes o vazamento de informações da Igreja e ofensas sexuais e financeiras. O novo sistema penal prevê punição para crimes como prostituição e posse de pornografia infantil.

Fonte: Folha de S. Paulo - 12/07/2013

Vítimas terão centro de atendimento no DF

O Governo do Distrito Federal decidiu que será criado um Centro de Atendimento Integrado a Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência Sexual. Nos primeiros cinco meses deste ano, 328 crianças e adolescentes foram vítimas de violência sexual no DF.

Fonte: Correio Braziliense – 13/07/2013

ECA chega aos 23 anos sem ser implementado na íntegra

Embora o Brasil tenha uma legislação que é referência para outras nações, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que acaba de completar 23 anos, ainda não foi implantado na íntegra. A avaliação é da secretária-geral do Centro de Referência, Estudos e Ações sobre Crianças e Adolescentes (Cecria), Leila Paiva. "Ainda vivemos em um país em que crianças e adolescentes, cada vez mais, são credores de direitos. São muito mais vítimas do que autores de violência. Lamentamos o fato de que temos a lei, mas não conseguimos aplicá-la."

Fonte: Folha de S. Paulo – 15/07/2013

 

 

  Leia também  

Participe do 7º Encontro Empresarial do Programa Na Mão Certa
Avanços e desafios para a proteção da infância na Copa 2014 são temas de seminário
Atuação estratégica de concessionárias fortalece a causa do Programa
Patrocinador Prata: Treelog
Ação empresarial: Costeira Transportes
Globo Estrada Na Mão Certa

 

Voltar