Programa Na Mão Certa

Patrocinador prata: Arcor do Brasil

Uma das primeiras empresas a se tornar signatária do Pacto Empresarial do Programa Na Mão Certa, em 2006, a Arcor do Brasil tem conseguido vencer o desafio de manter o enfrentamento à exploração sexual na agenda da empresa. Para isso, ela tem investido em oportunidades que possibilitam a sensibilização de mais profissionais com ao tema do Programa.

Em seu trabalho com grandes transportadoras, por exemplo, a Arcor do Brasil traz uma abordagem sistêmica, focando tanto no trabalho de sensibilização da alta gestão das empresas prestadoras de serviço, quanto na formação de motoristas que ingressam no setor, disponibilizando continuamente informações sobre o enfrentamento da exploração sexual crianças e adolescentes e a proteção da infância.

De acordo com Célia Aguiar, diretora executiva do Instituto Arcor, a empresa tem tomado medidas práticas para chegar até esses caminhoneiros e conscientizá-los sobre o tema e sobre o papel que desempenham como agentes de proteção nas estradas.

“A Arcor do Brasil e o Instituto Arcor entendem que a exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias é um crime. Por isso investimos na melhoria do espaço físico do motorista, planejado para diminuir seu tempo de espera, oferecemos cursos e palestras sobre o tema, além de distribuir material educativo e contribuir para a divulgação qualificada de informação sobre o assunto”, diz Célia.

Para a Arcor do Brasil e o Instituto Arcor Brasil é importante patrocinar o Programa Na Mão Certa porque há sinergias de objetivos. A empresa considera que é de sua responsabilidade apoiar e participar ativamente das ações.

 

  Leia também  

Envolvimento de empresas marca 18 de Maio
Conheça algumas iniciativas do Dia de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
Aniversário do ECA é oportunidade para abordar tema na empresa
Patrocinador Bronze: BRF Brasil Foods S.A.
Ação empresarial: Rodovisa Transportes
Globo Estrada Na Mão Certa
De olho no assunto - resumo das principais notícias

 

Voltar