Programa Na Mão Certa

De olho no assunto

Crianças: o lado mais frágil do Carnaval

Durante o período de Carnaval, a violência contra crianças e adolescentes é maior, seja por meio de agressões verbais, trabalho infantil, ingestão de bebidas alcoólicas ou violência sexual. Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais são os estados que mais denunciam violações.

Fonte: Correio Braziliense – 07/02

Tráfico de jovens

Jovens e crianças brasileiras têm sido traficadas para prostituição e para uso de seus órgãos em transplantes. Depois de várias denúncias e estudos sobre o assunto, o governo brasileiro criou uma comissão para estudar o tráfico de pessoas.

Fonte: Hoje em dia – 11/02

Pornografia na internet proibida na Islândia

O País quer vetar a pornografia na internet tendo em vista o acesso cada vez mais prematuro de crianças a esse tipo de conteúdo e a produção de material que retrata a atividade sexual de maneira violenta e odiosa. Outros países têm refletido a mesma preocupação com a disseminação da pornografia.

Fonte: Carta Capital – 27/02

Por uma educação sexual que ensine a gritar

O acesso dos jovens à educação sexual tem esbarrado no controle de informação que resguarda espaços de opressão, que têm silenciado e naturalizado a violência sexual. Os jovens devem ter o direito à informação assegurado e uma formação politizada que permita a garantia de sua autonomia sexual.

Fonte: Caros Amigos – 01/03

 

  Leia também  

Enfrentamento da exploração sexual pode trazer resultados de mercado
Exploração sexual passa a ser considerada trabalho escravo
Entenda a diferença entre abuso e violência sexual
Ação empresarial no Carnaval
Ação empresarial: Tropical Transportes
Globo Estrada Na Mão Certa

 

Voltar