Programa Na Mão Certa

Atlantica e Childhood Brasil apoiam rede de proteção da região Norte

Atuar na proteção de crianças e adolescentes contra a violência sexual é o objetivo do projeto Amazonidas, do Instituto de Ação Social Vida e Saúde do Amazonas (IASVISAM), com ações localizadas principalmente na zona leste de Manaus. Hoje, um dos trabalhos da instituição para evitar este problema é sensibilizar taxistas e motoristas de transporte coletivo, além de trabalhar com famílias em situação de vulnerabilidade e risco social com histórico de exploração sexual em Manaus.

Este é um dos três projetos apoiados pela  Childhood Brasil  em parceria com a Atlantica Hotels International, para combater e prevenir a violência sexual de crianças e adolescentes na região Norte. As outras duas instituições são: a  Associação para o Desenvolvimento Integrado e Sustentável (ADEIS), com ações em Manaus e Manacapuru, e o  Movimento República de Emaús – MRE , de Belém do Pará.

Para realizar o projeto Amazonidas, o primeiro passo foi mapear os pontos mais críticos da exploração sexual. “Promovemos a conscientização nas escolas e igrejas, explicando como combater e denunciar o problema”, disse a coordenadora da IASVISAM, Rakesia Pantoja. Também foram promovidas reuniões com educadores, líderes religiosos e parcerias com conselhos tutelares e delegacias do município. Em cinco escolas, entre as atividades esportivas e culturais oferecidas aos sábados, estão sendo realizados seminários com professores e pais.

Já a ADEIS trabalha na zona sul de Manaus e em Manacapuru, que fica ao sul no município. Nem a maior enchente dos últimos anos na região foi capaz de deter o projeto Mobiliza, que promove oficinas lúdicas de formação para chamar a atenção de alunos entre 14 e 18 anos. As oficinas acontecem em escolas ainda não tomadas pela Defesa Civil para alojar os desabrigados pela inundação (uma em Manacapuru e duas em Manaus). “Temos que trabalhar desde já a prevenção, porque com a chegada da Copa do Mundo, as crianças e adolescentes estarão mais vulneráveis”, afirmou a coordenadora da ADEIS, Luceny Freire.

A estratégia de prevenção envolve também a mobilização comunitária na capital Manaus, envolvendo campanhas com panfletos e carros de som, além do atendimento domiciliar, onde explicam aos pais a importância de falar sobre a temática. “De forma geral, as famílias nos recebem bem, mas ainda temos dificuldade com algumas pessoas muito religiosas que não deixam o filho participar, estamos pensando estratégias para resolver isso”, diz Luceny. A coordenadora frisa que o apoio da  Childhood Brasil  e da Atlantica têm sido muito importante para o fortalecimento da rede de proteção da região.

Em Belém, no Pará, o teatro é a estratégia usada para chamar atenção e informar sobre a questão do abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. O projeto Jepiara em Cena, do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente - CEDECA Emaús, leva informação ao público por meio de um grupo teatral, formado por 22 meninas na faixa de 12 a 17 anos, muitas delas vítimas de violência. Elas participam de todo o espetáculo, desde a elaboração do texto até a representação no palco. “Informamos como agir e denunciar de uma forma acessível para a idade”, afirma a coordenadora do CEDECA, Celina Bentes. A peça é representada para alunos de escolas públicas da região.

Parceria com rede hoteleira

As três instituições do Amazonas e do Pará foram selecionadas entre 22 projetos inscritos em edital promovido pela  Childhood Brasil e Atlantica Hotels em 2011, com o objetivo de ampliar o número de ações de proteção de crianças e adolescentes na região Norte. No local, há cinco hotéis administrados pela rede.

Desde 2005, a maior administradora de hotéis de capital privado da América do Sul, e a Childhood Brasil são parceiras na promoção do turismo sustentável e na proteção de crianças e adolescentes contra a exploração sexual. Campanhas de conscientização são realizadas com colaboradores, hóspedes, investidores e fornecedores da rede hoteleira, que até 2011 arrecadou mais de R$ 2,5 milhões para projetos da organização.

 

  Leia também  

Mercosul pretende adotar estratégias integradas de enfrentamento ao trabalho infantil
Dia do Caminhoneiro: PRF estará à disposição para novas palestras de sensibilização
Apoio Institucional: Votorantim Cimentos
Ação empresarial: Raupp
Ação empresarial: Rota das Bandeiras
Globo Estrada Na Mão Certa
De olho no assunto - resumo das principais notícias

 

Voltar