Programa Na Mão Certa

Mapa de vulnerabilidade: Minas Gerais

Minas Gerais tem 290 pontos de vulnerabilidade à exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas. O dado faz parte de uma pesquisa realizada pelo Departamento de Polícia Rodoviária Federal, que identificou e mapeou 1.918 pontos de risco nos mais de 60 mil quilômetros de rodovias federais brasileiras.

Entretanto, os números devem ser analisados com cuidado para evitar conclusões equivocadas. O fato de Minas Gerais apresentar o maior número de pontos vulneráveis entre os estados não significa que seja o mais problemático. Primeiro, porque o estado tem a maior malha viária do Brasil. E em segundo lugar porque o número de pontos não reflete a quantidade de crianças e adolescentes em situação de risco.

Vale ressaltar que, muitas vezes, justamente os estados ou cidades que procuram fazer um trabalho sério de levantamento de dados sobre a exploração sexual ou que trabalham na mobilização da sociedade para incentivar a denúncia acabam sendo associados como as regiões mais problemáticas. Contudo, em alguns casos, apresentar números mais altos pode significar justamente que os órgãos de repressão e investigação estão fazendo a lição de casa.

Com 21 milhões de habitantes, Minas Gerais é o estado mais populoso do Brasil e possui o terceiro maior Produto Interno Bruto do país. Sua malha viária tem 270 mil quilômetros, dos quais 14,2 mil km de rodovias federais, 13,2 mil km de estaduais, 3,4 mil km de rodovias estaduais transitórias e 239 mil km de rodovias municipais.

  Leia também  

Bovespa incorpora ESCA ao Índice de Sustentabilidade Empresarial
Empresas validam projeto de educação continuada do Programa Na Mão Certa
Uma visão geral dos Compromissos em Ações
Falha no ECA facilita o tráfico de adolescentes
Policial gerenciava rede de exploração sexual de crianças e adolescentes
Transportadora Augusta leva Programa Na Mão Certa para o Mercosul

 

Voltar